Pesquisa

terça-feira, 26 de abril de 2011

Segunda semana: GUEVURÁ - Justiça, disciplina, moderação, reverência -Primeiro dia: 7º dia da Contagem do Ômer - Chesed de Guevurá Bondade na Disciplina

Segunda semana: GUEVURÁ



Justiça, disciplina, moderação, reverência

Se amor (chesed) é a pedra fundamental da expressão humana, disciplina (guevurá) é o canal através do qual expressamos amor. Mostra uma direção e um ponto de convergência à nossa vida e amor. Como um raio laser, sua potência está no foco e concentração da luz em uma direção, e não em feixes de luz fragmentados e dispersos em várias direções diferentes. Guevurá - disciplina e moderação - concentra e dirige nossos esforços, nosso amor, na direção correta.

Outro aspecto da guevurá é respeito e reverência. Amor saudável exige respeito pela pessoa amada.

Primeiro dia:

7º dia da Contagem do Ômer

Conte esta noite: "Hoje são 8 dias que perfazem 1 semana e 1 dia do Ômer."

Chesed de Guevurá

Bondade na Disciplina

A intenção e o motivo implícitos na disciplina é o amor. Por que medimos nosso comportamento, estabelecemos padrões e esperamos que as pessoas correspondam a eles - apenas por amor. Mesmo o julgamento da culpa é uma expressão de amor. Em outras palavras, punição não é vingança; é apenas outra maneira de expressar amor através da retirada de tudo que for anti-ético do amor. Tolerância às pessoas jamais deve ser confundida com tolerância ao seu comportamento. Pelo contrário: amor pelas pessoas inclui o desejo de que elas sejam o melhor possível, ajudando-as então a se conscientizarem de nada menos que um comportamento perfeito.

Chesed de Guevurá é o amor na disciplina; consciência do amor intrínseco que permeia a disciplina e julgamento. É o reconhecimento de que sua disciplina pessoal e a disciplina que você espera de outros é apenas uma expressão de amor. É o entendimento de que não temos direito de julgar os outros; apenas temos o direito de amá-los, e isto inclui querer que eles sejam o melhor possível.

Pergunte a si mesmo:

Quando eu julgo e critico outra pessoa, isto é de certa forma permeado com meu próprio desprezo e irritação?
Há uma satisfação oculta em sua falha?
É apenas por amor ao outro?
Exercício para o dia:
Antes de criticar alguém, pense duas vezes: É por preocupação e amor?

http://www.chabad.org.br/datas/sefirathaomer/sguevura.htm




Maria Elisete Shalom...

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.

MÃE DIVINA





Minha mãe minha rainha
Foi ela que me entregou
Para mim ser jardineiro
No jardim de belas flores
No jardim de belas flores
Tem tudo que procurar
Tem primor e tem beleza
Tem tudo que Deus me dá
Todo mundo recebe
As flores que vêm de lá
Mas ninguém presta atenção
Ninguém sabe aproveitar
Para zelar este jardim
Precisa muita atenção
Que as flores são muito fina(s)
E não podem cair no chão
O jardim de belas flores
Precisa sempre aguar
Com as prece(s) e os carinhos
Ao nosso pai universal

- Mestre Irineu-






OM - BHUR BHUVA SWAH
TAT SAVITUR VARENAYAM
BHARGO DEVASYA DHIMAHI
DHIYO YO NAH PRACHODAYAT

Em um mundo melhor,
a lei natural é a do amor.
Em uma pessoa melhor,
sua natureza também é amorosa.
O amor é o princípio
que cria e sustenta as relações humanas,
O amor espiritual leva ao silêncio,
e esse silêncio tem o poder de unir,
orientar e liberar as pessoas.
E mais, quando o seu amor é aliado à fé,
cria uma forte estrutura para a iniciativa e a ação.
Lembre-se: o amor é um catalisador para mudanças,
desenvolvimento e conquistas.

Por Brahma Kumaris






Encontre mais músicas como esta em Portal Arco Íris-Núcleo de Integração e Cura Cósmica