Pesquisa

domingo, 26 de fevereiro de 2012

ASANAS



 

ASANAS

ASANA significa postura do corpo. Isto é posição tomada voluntariamente.
Os ASANAS podem ser: passivo, ativos e de equilíbrio. Os ASANAS passivos são usados para as induções, os exercícios respiratórios, e as atividades do Kriyâ – Dhauti, enquanto os ativos e os de equilíbrio são os que integram a parte dos âsanas propriamente ditos.
Os asanas ativos podem ser estáticos ou dinâmicos, conforme realizem um esforço continuado, com imobilidade do corpo, ou vários esforços sucessivos, com movimentações de determinadas zonas corporais. Os asanas ativos estão obrigatoriamente ligados à respiração, e só devem ser feitos com os pulmões cheios ou vazios. Estas suspensões da respiração com pulmões cheios ou vazios, reforçam a ação dos âsanas. Com exceção dos feitos em pé, os asanas ativos devem ser feitos com os olhos serrados.
Os passivos são usados para repouso, meditação e respiração e não são combinados com respiração, mas nada impede o praticante de nelas treinar todas as fases respiratórias. O correto é conservar-se os olhos fechados, em todos os âsanas passivos.
Os Asanas de equilíbrio ou invertidos não exigem respiração combinada.
Podem ser feitos indiferentemente de olhos fechados ou abertos. Praticantes mais treinados poderão, durante esses asanas, fazer respirações especiais.
As posições invertidas fazem com que o sangue flua mais rapidamente para a cabeça, ativando as funções cerebrais e os neurônios.
Asanas invertidos são aqueles em que a cabeça fica abaixo do coração.
Cada praticante deve permanecer no asana enquanto desejar: Como toda postura ativa é sempre acompanhada de respiração, a duração dela depende da resistência de cada um em manter os pulmões cheios ou vazios.
(Hatha-Yoga – A ciência da saúde perfeita – Caio Miranda)
“Ao acessarmos a memória muscular através da terapia corporal, recolhemos informações sensoriais que influenciam profundamente no nosso comportamento. Ao comunicarmo-nos com os músculos, órgãos, coluna, glândulas e sistema nervoso, descondicionamos nosso sistema pscicofísico e programamos nosso estado de espírito.”
Para a prática dos ásanas:
É necessário estar com o estômago vazio, ou em média duas horas após a refeição.
Procure ficar com a mente tranquila e receptiva.
Trabalhe sempre no seu limite, para que as posições não causem dores ou incômodos musculares.
Mentalize-se na posição. Nunca imagine que você não conseguirá permanecer nesta ou naquela posição. Lembre-se que o pensamento positivo é importante para que se possa atingir o objetivo.
Mantenha a respiração sempre lenta e profundo e, se possível, Mantenha seus olhos fechados.
Use roupas confortáveis e que não prendam os movimentos.
BENEFÍCIOS DOS ÂSANAS
Coordena o sistema respiratório com o corpo físico.
Estimula a circulação.
Melhora a qualidade de vida.
Aumenta o trabalho pulmonar. Corrige desvios e combate dores ciáticas.
Desenvolve equilíbrio físico e psíquico.
Relaxa o sistema nervoso.
Fortalece músculos e abdominais.
Aumenta a vitalidade.
Combate a depressão.
Rejuvenesce o corpo e a mente.
Aumenta a autoconfiança e o amor próprio.
Veja abaixo aluns Asanas, mas atenção, todo asana deve ser praticado com acompanhamento de um professor de Yoga e há contra-indicações em alguns casos.
Gravuras estraídas do livro Hatha, o ABC do Yoga de Caio Miranda.
Ardha-Matsyasana
Ardha-Matsyasana
meia-postura do peixe
provoca irrigação do cérebro e das glândulas superiores
Bhujangasana
Bhujangasana
postura da serpente
atua no sistema neurovegetativo, indicado para angustias e complexos
kurmasana
kurmasana
postura da tartaruga
descanso mental e recuperação física
vakrasana
vakrasana
postura da torção espinal
combate males da coluna
viparitakarani
viparitakarani
postura invertida
vitaliza as funções cerebrais
sarvanganasana
sarvanganasana
postura da vela
curar males da região pélvica e abdominal


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.

MÃE DIVINA





Minha mãe minha rainha
Foi ela que me entregou
Para mim ser jardineiro
No jardim de belas flores
No jardim de belas flores
Tem tudo que procurar
Tem primor e tem beleza
Tem tudo que Deus me dá
Todo mundo recebe
As flores que vêm de lá
Mas ninguém presta atenção
Ninguém sabe aproveitar
Para zelar este jardim
Precisa muita atenção
Que as flores são muito fina(s)
E não podem cair no chão
O jardim de belas flores
Precisa sempre aguar
Com as prece(s) e os carinhos
Ao nosso pai universal

- Mestre Irineu-






OM - BHUR BHUVA SWAH
TAT SAVITUR VARENAYAM
BHARGO DEVASYA DHIMAHI
DHIYO YO NAH PRACHODAYAT

Em um mundo melhor,
a lei natural é a do amor.
Em uma pessoa melhor,
sua natureza também é amorosa.
O amor é o princípio
que cria e sustenta as relações humanas,
O amor espiritual leva ao silêncio,
e esse silêncio tem o poder de unir,
orientar e liberar as pessoas.
E mais, quando o seu amor é aliado à fé,
cria uma forte estrutura para a iniciativa e a ação.
Lembre-se: o amor é um catalisador para mudanças,
desenvolvimento e conquistas.

Por Brahma Kumaris






Encontre mais músicas como esta em Portal Arco Íris-Núcleo de Integração e Cura Cósmica