Pesquisa

segunda-feira, 27 de janeiro de 2014

Seu corpo registra energeticamente sua historia de vida

Mais eficiente que a memória do computador, seu corpo registra tudo que aconteceu com você desde a infância até agora. O psicólogo e teólogo francês Jean-Yves Leloup relaciona símbolos arcaicos com várias partes do corpo e esclarece as causas físicas, emocionais e espirituais das boas sensações e de algumas doenças.
Uma página em branco. É assim o corpo novinho em folha do recém-nascido. Desde o instante do nascimento e a cada fase da vida, a pele, os músculos, os ossos e os gestos registram dados muito precisos que contam nossa história. “O homem é seu próprio livro de estudo, basta ir virando as páginas para encontrar o autor”, diz Jean-Yves Leloup, teólogo, filósofo e terapeuta francês.
É possível escutar o corpo e conhecer sua linguagem, que muitas vezes se expressa por sensações prazerosas, por bloqueios ou pela dor, que nada mais é do que um grito para pedir atenção. “O corpo não mente. As doenças ou o prazer que animam algumas de suas partes têm significados profundos”, revela Leloup.
Ele nos convida a responder algumas questões sobre pés, tornozelos, ventre, genitais, coração, pulmões e muitas outras partes. Elas podem ser nosso guia em uma viagem de autoconhecimento que toca em aspectos físicos, emocionais e espirituais: “Primeiro, podemos notar qual é nosso ponto fraco, o lugar de nosso corpo em que vêm se alojar, regularmente, a doença e o sofrimento. Há a escuta psicológica pela qual podemos prestar atenção no medo ou na atração que vivemos em relação a algumas partes do corpo. E há ainda a escuta espiritual. O espírito está presente em nosso corpo, e certas doenças e algumas crises são manifestações do espírito, que quer trilhar um caminho, que quer crescer, que quer desenvolver-se em membros que lhe resistem”, diz ele. E continua: “Algumas depressões estão ligadas a fatores emocionais, a um rompimento, uma perda, uma falência. Mas há também depressões iniciáticas, em que a vida nos ensina, por meio de uma queda, um acidente, que devemos mudar nosso modo de viver”.
Descubra a seguir quais são os símbolos associados por Jean-Yves Leloup a cada parte do corpo e responda às questões, que facilitam a reflexão e o reconhecimento do que está impresso em você. Boa viagem!
Pés, as nossas raízes
“Será que experimentamos prazer em estar sobre a terra? Podemos imaginar o corpo como um árvore. Se a seiva está viva em nós, ela desce às raízes e sobe até os mais altos galhos. É de nosso enraizamento na matéria que depende nossa subida à luz. É da saúde de nossos pés que vem o enraizamento”, explica Leloup.
Ele lembra que em diferentes práticas de ioga há a purificação dos pés, que são mergulhados na água salgada. “Pelos pés podem escorrer nossas fadigas e tensões.”
“A palavra pé, podos, em grego, relaciona-se à palavra paidos, que quer dizer criança. Cuidar dos pés de alguém é cuidar da criança que o habita. Perguntei a um sábio: ‘O que posso fazer para ajudar alguém?’ Ele respondeu: ‘Lembre-se de que essa pessoa foi uma criança, que ainda é uma criança. E que tem dor nos pés.’”
Preste atenção: verifique se seus pés são seu ponto fraco. Como você se apoia sobre eles? Em seguida, toque-os, sentindo ossos, músculos e partes mais ou menos sensíveis. Quais são suas raízes familiares? Quais as expectativas de seus pais em relação a você? Qual seu sentimento em relação a filhos?
Tornozelos, a possibilidade de ir em frente
Termômetro da rigidez ou da flexibilidade com que levamos a vida, os tornozelos têm relação direta com o momento do nascimento. “Por que esse é também um momento de articulação entre a vida dentro e fora do útero. Alguns de nós conheceram dificuldades e viveram até traumas nesse elo que une a vida fetal com o mundo exterior. O corpo guardou essa memória e a expressa na fragilidade dos tornozelos”, diz o filósofo.
Segundo Leloup, os tornozelos simbolizam também o refinamento da vida, as relações íntimas e a articulação do material com o espiritual. As pessoas em que o tornozelo é o ponto fraco têm dificuldade de avançar nos vários aspectos da vida. Dar um passo a mais é ir além de nossos limites e também saber aceitar o que se é, seja isso agradável ou não. “Essa é a condição para ir mais longe”, finaliza ele.
Preste atenção: você costuma ter dor nos tornozelos? Essa região é rígida ou flexível? Sofreu entorses? Em que momentos de sua vida eles ocorreram? É difícil avançar em direção ao que você quer? Qual é o passo que você precisa dar e o passo ao qual resiste?
Joelhos, o apoio para dar e receber colo
A flexibilidade é uma das qualidades importantes para que os joelhos sejam saudáveis. “Quando eles são rígidos, é provável que surjam problemas na coluna vertebral e nos rins”, lembra Leloup, que nos revela o significado mais profundo dessa parte do corpo. “Em algumas línguas, estranhamente há uma ligação entre a palavra filho e a palavra joelho. Em francês, por exemplo, genou, joelho, tem a mesma raiz da palavra générer, gerar. Em hebraico, joelho é berekh, e também bar e bèn, que significa filho. Assim, ser filho, ser filha é estar no colo, envolvido por esse gesto, que é o elo entre os joelhos e o peito. Temos necessidade de dar e receber essa confirmação afetiva. E manter alguém no colo, sobre os joelhos serve para manter o coração aberto”, finaliza.
Preste atenção: observe como são seus joelhos. Eles são flexíveis, rígidos, doloridos? É bom tocá-los ou não? Quem o pegou no colo quando você era criança? Esse gesto de intimidade é familiar para você? Qual a sensação? E você, para quem dá colo (seja fisicamente, seja como símbolo de acolhimento)?
Genitais, a energia de vida
O teólogo Jean-Yves Leloup fala dos tipos de amor e prazer, dos traumas e das sensações vividos na infância que marcam para sempre nossa sexualidade. Ele ressalta que o encontro de dois corpos pode ser mais que físico. “A representação mais primitiva de Deus foi encontrada na Índia e são o lingan e a ioni, o símbolo fálico masculino e o genital feminino. Assim a representação do sexo foi a primeira feita pelo homem para evocar Deus – porque o sexo é onde se transmite a vida. Dessa maneira, passa a ser o local da aliança, algo de muito sagrado”, considera Jean-Yves Leloup. “Portanto, a sexualidade não é somente libido. Essa libido pode tornar-se paixão, passar através do coração e transformar-se em compaixão. É sempre a mesma energia vital, que muda e se transforma de acordo com o nível de consciência no qual nos encontramos.”
Preste atenção: quais são suas dores ou doenças relacionadas aos órgãos genitais? Você sofre desses males? Qual a sensação diante dos seus genitais (vergonha, repulsa, prazer)? Qual sua postura em relação à sexualidade (à sua própria e ao sexo no contexto cultural)?
Ventre, o centro processador de emoções
Estômago, intestinos, fígado, vesícula biliar, baço, pâncreas, rins são os órgãos vitais abrigados em nosso ventre. Eles são responsáveis pela transformação do alimento em energia, pela absorção de nutrientes e pela eliminação de toxinas.
Emoções como raiva, medo, prazer e alegria acertam em cheio essa região e também precisam ser digeridas. Leloup aponta que “o perdão tem uma virtude curativa porque podemos tomar toda espécie de medicamento, sermos acompanhados psicologicamente, mas há, por vezes, rancores que atulham nosso ventre, nosso estômago, nosso fígado”. Ele destaca que todas as partes do corpo lembram a importância de respeitar o tempo de digestão e assimilação de tudo que nos acontece de ruim e também de bom.
Preste atenção: como é sua digestão? Quando você tem uma forte emoção, sente frio na barriga ou alguma reação na região? Quais foram os fatos difíceis de ser digeridos em sua vida? O que há por perdoar?
Coração e pulmões, o pulso vital
Esses dois órgãos estão intimamente ligados a nossa respiração. “O coração é um dos símbolos do centro vital, ele é o centro da relação. E é importante observar como nossa vida afetiva influencia nossa respiração. Às vezes, nos sentimos sufocar porque não correspondemos à imagem que os outros têm de nós, e isso também impede que o coração bata tranquilamente. Para alguns, querer ser normal a qualquer preço, querer agir como todo mundo, pode ser fonte de doenças”, assinala o psicólogo Jean-Yves Leloup.
Agir de acordo com suas vontades mais genuínas e aceitar o que se é, mesmo que isso não combine com o grupo, pode ser uma das formas de se libertar e sair do sufoco.
Preste atenção: você já teve períodos prolongados de angústia ou tristeza? O que liberta sua respiração e o que o sufoca? Você se preocupa muito com a imagem que as pessoas têm de você? Já parou para ouvir as batidas de seu coração e o das pessoas a quem você ama? O que deixou seu coração partido? O que o fez bater feliz?

Namastê Shlom

sexta-feira, 24 de janeiro de 2014

Shiva Om - Dá nos paz e amor - Bhajan Lindooo






Shiva Om
Shiva Om Namah Shivaya
Vos que rasga toda trama
Do medo e falsidade
Me liberta dessa teia
Daime força de vontade
A coragem de um guerreiro
Dá nos paz e amor
Quero a minha consciência
Quero ser o meu senhor
Mostrai me sem demora
este amor, este conforto
daquele que nada teme
E que faz parte do todo
Eu quero fechar meus olhos
E explorar o que tem dentro
confiança e liberdade
alegria no pensamento
Shiva Om
Shiva Om Namah Shivaya
 
 
 
 
Maria Elisete Shalom...
 

OM AH HUM - Mantra of Purification - CHILDREN BEYOND - Divino!!!



OM%20AH%20HUM%20-%20Mantra%20of%20Purification%20-%20CHILDREN%20BEYOND.mp3


Maria Elisete
SHALOM...

Oração Eu Sou Luz, por Kuthumi

Oração Eu Sou Luz, por Kuthumi
Instruções:
Este decreto ajuda a dissolver a energia negativa que esteja presa a nós. Essa energia pode provir de críticas, depressão ou raiva(seus ou de outrem), bem como de fadiga ou de barulho excessivo e poluição ambiental.
Visualização: Veja a luz no seu coração, como um sol radiante que se expande, consumindo os seus fardos. Veja o seu cordão de cristal a expandir-se, à medida que a sua Presença do EU SOU o inunda de energia espiritual. Depois veja a luz que irradia de si, para ajudar toda a gente que você encontrar!
EU SOU LUZ
por Kuthumi
Em nome do Pai, do Filho, do Espírito Santo e da Mãe Divina, Eu decreto: (faça aqui seus pedidos)




EU SOU Luz,
Luz resplandecente,
Luz radiante,
Luz intensificada.
Deus consome a minha escuridão
Transmutando-a em Luz.

Hoje EU SOU um
foco do Sol Central.
Através
de mim corre um rio de cristal,
Uma fonte vivente de Luz
Que não pode ser
corrompida
Por pensamentos e sentimentos humanos.
EU SOU um posto avançado
do Divino.
A escuridão que se serviu de mim é consumida
Pelo poderoso rio
de Luz que EU SOU.


EU SOU, EU SOU, EU SOU Luz.
Eu vivo, eu vivo,
eu vivo na Luz.
EU SOU a mais completa dimensão da Luz.
EU SOU a mais pura
intenção da Luz.
EU SOU Luz, Luz, Luz
Inundando o mundo onde quer que eu
vá,
Abençoando, fortalecendo e anunciando
O propósito do reino dos
Céus.
EU SOU Luz


Pai Nosso do Raio Violeta

Pai Nosso do Raio Violeta
(Mestre Saint Germain)

Visualiza em torno de você o Raio Violeta Escuro,e decrete:


Meu Pai que estás no céu
ensina-me a entender tua mente.
Santificada seja tua vibração.
Venha a nós o teu espaço,
Seja feita a tua lei,
e o que está em cima,
seja como o que está embaixo,
Regido pela lei do amor em ação.
Que o alimento de Teu Nous,
que rege a Tua forma,
Seja na nossa forma-pensamento
que se assemelha em tempo e espaço,
no verbo e no som.
Preserva-nos de nós mesmos
e livra-nos de nossos eus que,
inferiorizados,
nos levam ao erro akásico.
Acredito em ti,
meu pai,
rei da nobreza,
e a ti entrego meus pensamentos formados,
Porque és a vida e a sabedoria,
O logos geometrizado,
com o fogo e a substância,
no homem,Adão Kadmon,
filho do Grande Arquiteto,
O ancião do espaço-tempo de um Universo unificado.

Amém..

SANAT KUMARA

EU SOU A GRANDIOSA E PODEROSA PRESENÇA EU SOU

 Poderosa Presença Divina EU SOU,
fonte de tudo o que existe,
presente no coração de toda a humanidade,
nós Vos amamos e adoramos!
Nós Vos reconhecemos como o Doador de nossa vida,
inteligência e substância , de tudo o que somos;
que sois o Provedor de tudo o que possuímos.
Mantende –nos selados em Vossa Luz, Amor, Sabedoria e
Poder da Vitoriosa realização!
Guardai e protegei-nos;
guiai e conduzi-nos,
e daí-nos a iluminação da Verdade,
para que sejamos livres por meio da vitoriosa ascensão.
A todos Vós, Bem-Amados Mestres Ascencionados,
Grande Seres Cósmicos,
Sete Elohim,
Sete Arcanjos,
Sete Chohans e especialmente Vós,
Bem-Amados Saint Germain ,
El Morya,
Diretor Divino,
Jesus, o Cristo ,
Mãe Maria, João ,
O Evangelista,
Maha Chohan
e Serapis Bey com Sua Fraternidade de Luxor
e todos os que servem no Quarto Raio,
enviamos nosso amor.
Ouvi o apelo de nossos corações!
Amparai cada um de nós,
para que possamos conquistar a nossa ascensão,
no fim desta encarnação.
Flamejai a Chama da Ascensão através de cada partícula de nossos corpos físico, etérico e emocional mental, e através de todas as nossas aspirações;
e imprimi tudo em Vossa Grande Perfeição.
Nós Vos agradecemos!
 

  É com a purificação do nosso ser
e com a reforma interior
que se abrem os canais ao ''EU SOU'',
a Fonte de todo Bem.
Se somos puros,
temos sobre nós
o Manto de Luz do ''EU SOU''
a nos guardar e proteger,
a nos guiar e intuir.

                                                        
  

 

Eu Sou um Ser Divino
    Eu Sou, Eu Sou, Eu Sou   

Eu Sou aqui na Terra
Eu Sou, Eu Sou, por Amor
Por Amor de minha Mãe
Eu Sou, Eu Sou, Eu Sou
Arcanjo Miguel que me protege
Eu Sou, Eu Sou, Eu Sou
Eu Sou um Ser de Luz
E vim aprender
Agora eu sou liberto
Eu Sou, LUZ  Eu Sou
Luz de Fogo Violeta
Chama Trina Eu Sou
 
Eu Sou a pureza Divina
Como Deus quer
Eu Sou, Eu Sou, Eu Sou
Luz, Alegria e Amor
Vou me declarar
Eu Sou, Eu Sou, Eu Sou
Eu Sou filho de Deus
Com Amor para iluminar
No Amor Deus é em mim
Eu Sou, Eu Sou, Eu Sou
Hino Eu Sou do Hinário Jardim do Beija-Flor
- Mad. Aurea-

 Nós somos seres de Amor de Luz de Paz...


Manto Violeta - Meditação de Proteção

Mria Elisete Shalom...

Eu nasci para Amar

Eu nasci para Amar
Eu nasci pra ser feliz
Eu sou o puro Amor
Sou Paz


Maria Elisete Shalom...

quinta-feira, 23 de janeiro de 2014

Como os mantras podem abrir nossos chakras e mudar nossas perspectivas



 Conforme a evolução da ciência na genética humana, os cientistas descobriram que o nosso o nosso corpo é uma verdadeira máquina, como um computador perfeito, que... contém peças complexas e determinantes para todo o nosso sistema corporal. Essa máquina perfeita possui também internet, e cabe ao nosso DNA desempenhar essa função.
De acordo com eles os cientistas russos, 90% do nosso DNA não é apenas responsável pela construção de nosso corpo, mas também serve como armazenamento de dados e comunicação. Os cientistas se juntaram aos linguistas russos e descobriram que o código genético segue as mesmas regras que todas as nossas linguagens humanas.
Para este fim, eles compararam as regras da forma em que as palavras são unidas para frases formulário e sentenças, o estudo do significado nas formas de linguagem e as regras básicas da gramática. Eles descobriram que os alcalinos de nosso DNA seguem uma gramática regular e têm regras do jogo assim como nossas línguas. Línguas para humanos não aparecem por acaso, mas são um reflexo de nosso DNA inerente.
Isso explica porque as afirmações, o treinamento autógeno, hipnose, mantras e similares podem ter efeitos tão fortes nos humanos e seus corpos. É inteiramente normal e natural para o nosso DNA reagir à linguagem. Enquanto os pesquisadores ocidentais cortam genes únicos de cadeias de DNA e os inserem em outros lugares, os russos entusiasticamente trabalham em dispositivos que podem influenciar o metabolismo celular através de frequências moduladas de rádio e de luz adequadas e assim reparar defeitos genéticos.
O biofísico russo e biólogo molecular Pjotr Garjajev e seus colegas também exploraram o comportamento vibratório do DNA. [Para efeitos de concisão Vou dar apenas um resumo aqui. Para a exploração, por favor consulte o apêndice no final deste artigo] O resultado foi: “. Cromossomas vivos funcionam como computadores solitonicos / holográficos, usando a radiação laser endógena do DNA.” Isto significa, que conseguiram modular, por exemplo, certos padrões de frequência de raio laser e com isso influenciaram a frequência de DNA e, portanto, a própria informação genética. Uma vez que a estrutura básica dos pares de DNA e da linguagem (como explicado anteriormente) são da mesma estrutura, nenhuma decodificação do DNA é necessária. Pode-se simplesmente usar palavras e sentenças da linguagem humana! Isto, também, foi provado experimentalmente! Substância de DNA vivo (no tecido vivo, não in vitro) sempre reagirá aos raios laser de linguagem moduladas e até às ondas de rádio, se as frequências apropriadas forem usadas.

Os mantras, portanto, possuindo a lingüagem e freqüências nas vibrações equivalentes aos nosso chakras, são capazes de desencadear tanto no corpo denso quanto no sutil, determinadas funções que desbloqueiam e energizam nossos centros energéticos.
Desta mesma forma se originou o que chamamos de PNL (Programação Neurolinguística), do qual nós falaremos em outra oportunidade.

Referências:

1. http://www.rexresearch.com/gajarev/gajarev.htm
2. http://noosphere.princeton.edu/
Ver mais

domingo, 19 de janeiro de 2014

As Flores sempre brotam

"


Os poderosos podem destruir uma, duas, até três rosas, mas jamais poderão deter a primavera."
- Che -





"E acreditam nas flores, vencendo o canhão."
- Geraldo Vandré -






Passem de longe, bondes, ônibus, rio de aço do tráfego. Uma flor ainda desbotada
ilude a polícia, rompe o asfalto.
Façam completo silêncio,
paralisem os negócios,
garanto que uma flor nasceu.[...]
É feia. Mas é uma flor. Furou o asfalto, o tédio, o nojo e o ódio. ( A flor e a náusea- Carlos Drummond de Andrade)




Maria Elisete Shalom

Salve Iemanjá, Rainha do Mar!


Protegeis os seres marinhos da poluição marinha e iluminai a consciência humana.

Salve Iemanjá, Rainha do Mar!






Namastê Shlom
 

segunda-feira, 13 de janeiro de 2014

Intercambio - Vozes Eternas '' Traga o seu coração Por mares calmos da emoção Para o caminhar...''





Traga o seu coração
Por mares calmos da emoção
Para o caminhar

Feche os olhos pra se enxergar
Ajudando alguém a ver
O mundo bem melhor

Busque em suas mãos
Não ferir, nem magoar
Procure alguém ajudar

Deixe adentrar o amor
Esquecendo as lágrimas de dor
Que um dia vão ficar lá atrás

É preciso acreditar
Que cada um é capaz
De melhorar seu mundo interior

É preciso acreditar
Que cada um é uma bela flor
Para um novo mundo
Buscar perfurmar

Traga o seu coração
Por mares calmos na emoção
Para o caminhar

Feche os olhos pra se enxergar
Ajudando alguém a ver
Um mundo bem melhor

Busque em sua mãos
Não ferir nem magoar
Procure alguém ajudar

Deixe adentrar o amor
Esquecendo as lágrimas de dor
Que um dia vão ficar lá atrás

É preciso acreditar
Que cada um é capaz de melhorar
Seu mundo interior

É preciso acreditar
Que cada um é uma bela flor
Para um novo mundo
Buscar perfurmar

https://www.youtube.com/watch?v=Fn0KQThf21g


Amorosamente
Maria Elisete
buscando melhor seu mundo interior

Shalom em todos os corações

Om Tare Tutare Ture Soha - Lindoooo!

 
 
Om Tare Tutare Ture Soha


 
Amorosamente
Maria Elisete Shalom...

A arte de ouvir


Perceber, reconhecer, entender, compreender, valorizar, dar atenção, respeitar... São vários nomes diferentes para um processo tão simples, mas ao mesmo tempo tão difícil de ser praticado: ouvir, de fato, o outro.

Ouvir não significa simplesmente escutar os sons da voz ou acompanhar o raciocínio do interlocutor. Significa, antes de tudo, ter paciência e tolerância para aceitar a outra pessoa como ela é, com suas qualidades e seus defeitos, crenças e emoções, com sua aparência, quer nos seja agradável ou desagradável, sem pré-julgamentos. Concordo com quem disse que esse não é um processo fácil, embora pareça tão elementar.

Vamos analisar um pouco as causas dessas dificuldades. É muito comum compararmos o mundo ao nosso próprio referencial de vida, de como percebemos o mundo, que passa a ser o “nosso mundo”. Incluem-se aí os nossos valores, conceitos e preconceitos.

Além disso, as pessoas aproximam-se pelas semelhanças e não pelas diferenças, desmistificando a crença popular de que os opostos se atraem. Se observarmos bem, antes da diferença há muita convergência, situações comuns, similaridades que atuam como facilitadoras de um processo de entendimento e consideração e a partir daí eventuais diferenças de caráter, atitudes ou comportamentos passam a configurar uma relação afetiva. Se observarmos bem, quando admiramos uma pessoa dizemos: “Que pessoa extraordinária! Que pessoa agradável!

Que pessoa simpática!” Enquanto isso, lá no fundo, um outro comentário quase imperceptível complementa ... “tão parecida comigo!” Também fica fácil entender tal atitude por outra simples razão, só percebemos qualidades e defeitos nos outros quando nos chamam a atenção porque em potencial essas características existem em nós mesmos.

Se precisar falar com o outro de verdade, primeiro é necessário querer e esse querer precisa ser um desejo, uma vontade inquebrantável que não nos fará desistir diante da primeira adversidade. Depois, devemos ter e exercitar a flexibilidade, colocando-nos no lugar do outro, empaticamente.

Aliás, empatia é isso mesmo: ajustar-se ao estilo, momento psicológico, crenças e valores do mesmo interlocutor e nessa projeção conseguir melhor entendimento.

Algumas sugestões importantes para quem, de fato, deseja ouvir de verdade outra pessoa e, a partir daí, abrir uma porta de entrada para o relacionamento: amizade, vendas, negociações, lideranças, amor etc.:



● Olhe nos olhos da outra pessoa e perceba-a nos seus detalhes, esteja com a atenção focada e envolvida com ela.

● Procure manter a calma, evite deixar se dominar por algum preconceito ou algo da outra pessoa que desagrada.

● Tenha paciência, saiba aceitar o silêncio da outra pessoa.

● Evite contradizer o outro, evitando as palavras “mas”, “todavia”, “entretanto”, “contudo”.

● Procure, antes de qualquer discordância, algum ponto com o qual vocês concordem.

● Valorize e respeite as opiniões de seu interlocutor.

● Demonstre respeito pelo outro como o outro é, e não como gostaria que fosse.

● Crie condições favoráveis para o outro expressar livremente suas idéias e opiniões, saiba ter tato para lidar com a discordância.

● Concentre as diferenças no campo das idéias e não permita que sejam levadas para o lado pessoal.

● Certifique-se de que você compreendeu de fato o que o outro queria transmitir; repita, questione, pergunte, evite ao máximo interpretações infundadas.

● Por último, faça bom uso do grande amor que você tem em seu coração para aceitar incondicionalmente as outras pessoas como são: cheias de defeitos, limites, preconceitos e, também, repleta de virtudes, sonhos, conhecimentos, de sentimento. Assim como você.
Fonte: http://www.consultores.com.br/artigos.asp?cod_artigo=235


Namastê Shlom

Escutar é uma arte, e como toda arte, pode ser desenvolvida...
Maria Elisete Shalom...

sexta-feira, 10 de janeiro de 2014

MÃE DIVINA





Minha mãe minha rainha
Foi ela que me entregou
Para mim ser jardineiro
No jardim de belas flores
No jardim de belas flores
Tem tudo que procurar
Tem primor e tem beleza
Tem tudo que Deus me dá
Todo mundo recebe
As flores que vêm de lá
Mas ninguém presta atenção
Ninguém sabe aproveitar
Para zelar este jardim
Precisa muita atenção
Que as flores são muito fina(s)
E não podem cair no chão
O jardim de belas flores
Precisa sempre aguar
Com as prece(s) e os carinhos
Ao nosso pai universal

- Mestre Irineu-






OM - BHUR BHUVA SWAH
TAT SAVITUR VARENAYAM
BHARGO DEVASYA DHIMAHI
DHIYO YO NAH PRACHODAYAT

Em um mundo melhor,
a lei natural é a do amor.
Em uma pessoa melhor,
sua natureza também é amorosa.
O amor é o princípio
que cria e sustenta as relações humanas,
O amor espiritual leva ao silêncio,
e esse silêncio tem o poder de unir,
orientar e liberar as pessoas.
E mais, quando o seu amor é aliado à fé,
cria uma forte estrutura para a iniciativa e a ação.
Lembre-se: o amor é um catalisador para mudanças,
desenvolvimento e conquistas.

Por Brahma Kumaris






Encontre mais músicas como esta em Portal Arco Íris-Núcleo de Integração e Cura Cósmica