Pesquisa

segunda-feira, 30 de maio de 2016

A FUNÇÃO DOS INSETOS NA SUA CASA – VISÃO XAMÂNICA

Segundo a tradição xamânica, se considera que tudo que habita a Terra junto com a humanidade, é um só tipo de civilização.
Todos os animais, plantas e até mesmo coisas possuem espírito, portanto, a eles é concedido o status de “pessoas”. Quando os insetos “pessoa” visitam uma casa, eles estão lá por uma razão e, infelizmente, isso raramente é conhecido, compreendido e apreciado.
Vivemos em um mundo muito dinâmico, existem energias invisíveis e imperceptíveis ao nosso redor que interagem conosco. Muitas dessas energias não têm nada a ver com a gente, e algumas são benéficas ou prejudiciais para o nosso bem-estar.
O inseto “pessoa” vive e percebe a realidade em uma vibração diferente, portanto, ele pode interagir com algumas energias que não podemos perceber.

inseto_visao_xamanica
Em um nível lógico, quando um inseto entra em sua casa ele está fazendo isso devido a um cheiro, a luz artificial, à noite, etc.
No entanto, de um ponto de vista xamânico, qualquer que seja a condição que chamou o bichinho, é o subproduto de uma série de coincidências que foram manifestadas por umaenergia tóxica que não pertence ao seu lar.

insetos_visao_xamanica
Outra maneira de ver, é como um sistema e um todo, insetos tendem a ser abundantes em lugares como depósitos de lixo; isto não é porque os insetos são criaturas sujas, esta é uma dedução muito equivocada, na verdade, os insetos são os limpadores de nosso mundo.
insetos_visao_xamanica3

Na natureza nada é desperdiçado, por isso, se sua casa tem uma energia que precisa ser removida, você vai ter essas pequenas “pessoas” que vêm para fazer seu trabalho.
Até o momento de você encontrar um inseto em sua casa, o trabalho dele já foi feito (eles são rapidinhos). Se este inseto foi machucado ou morto, toda a energia indesejada que ele pegou pra limpar, fica liberada de volta ao seu lar novamente.

insetos_visao_xamanica1

O mundo responde às emoções que estão vibrando. Da próxima vez que você encontrar um inseto em sua casa,
  • A primeira emoção consciente deve ser de gratidão por seu serviço,
  • A segunda deve ser a vontade de ajudar o rapaz a sair do ambiente de forma segura.
insetos_visao_xamanica2
Se estas duas vibrações são verdadeiras em seu coração, as condições necessárias irão se manifestar para que possa ajudá-lo ou guiá-lo fora de sua casa.  
Uma vantagem maravilhosa disto é que desde que a energia tenha sido removida, cada vez menos insetos tendem a entrar nesse ambiente.  
Com a Mãe Natureza nunca se deve alienar, mas sim cooperar.
insetos_visao_xamanica4

sexta-feira, 20 de maio de 2016

10 TIPOS DE LEITE VEGETAL

Nós somos a única espécie, além dos animais que domesticamos, que toma leite depois da infância. Um hábito que mantemos mesmo sabendo, hoje, que o leite de vaca não faz exatamente bem à saúde.

A boa notícia aos que usam diariamente leite é que é possível produzi-lo com qualquer castanha, grão ou semente. Extratos vegetais, ou leite vegetal como são mais popularmente conhecidos, são uma ótima alternativa ao leite de vaca, além de oferecerem novos sabores e texturas. Além disso, servem perfeitamente aos intolerantes a lactose ou vegetarianos. Sem nenhum resquício de origem animal, é possível usar o ingrediente para preparar variados tipo de receitas, doces e salgadas.

Todos os leites vegetais podem ser aquecidos, mas nunca fervidos, pois podem talhar. Bem tampados na geladeira duram cerca de 3 dias. Todos devem ser coados ao final. Se o coador for de pano, dê preferência para um tecido orgânico, assim não se contamina esse alimento tão saudável na última etapa.

leite-de-amendoim
Leite de amendoim. Foto: reprodução

1. Leite de Amendoim

Ingredientes:
1litro de água mineral ou filtrada
125gr de amendoim (cru e sem casca)

Modo de preparo: Lave bem o amendoim cru e sem casca, até a água sair limpa. Cubra as sementes com água e deixe de molho por 8 a 10 horas em temperatura ambiente. Em seguida, lave bem as sementes e as leve ao fogo com água. Assim que levantar fervura, deixe descansar por cinco minutos. Leve o amendoim já branco ao liquidificador, adicionando o 1 litro de água limpa. Triture bem e coe para separar o extrato dos resíduos.

oatmilk
Leite de aveia. Foto: reprodução

2. Leite de Aveia
O leite mais prático e barato para fazer em casa.

Ingredientes:
2 xícaras de aveia (em pó ou flocos)
4 xícaras de água mineral ou filtrada

Modo de preparo: Deixe a aveia de molho na água por, pelo menos, 1 hora. Bata tudo no liquidificador. Coe e coloque o extrato em uma garrafa de vidro.

coconut-milk
Leite de coco. Foto: reprodução

3. Leite de Coco
O leite de coco pode ser um ótimo substituto do leite para preparação de sobremesas, peixes e massas. Ele é rico em nutrientes que garantem um bom funcionamento do organismo, como o ferro, ácido Fólico e selênio. É também rico em fibras, o que garante a saúde intestinal.

Ingredientes:
1 copo de extrato de coco natural (claro)
5 copos de água quente

Modo de preparo: Retire a casca do coco. Corte o coco em pedaços até conseguir um copo.  Bata tudo no liquidificador e coe.

quinoa_milk_recipe_6
Leite de quinoa. Foto: reprodução

4. Leite de Quinoa
Grão típico das regiões andinas, é fonte de cálcio, ferro e ácidos graxos como o ômega 3, além de ser rico em fibras. Dizem que a bebida tem valor nutritivo muito semelhante ao do leite materno.

Ingredientes:
2 colheres de sopa de quinoa em grãos
250 ml de água

Modo de preparo: Coloque os grãos de quinoa na água, deixe ferver e jogue a água fora. Repita o procedimento, deixando a água ferver durante 15 minutos. Depois disso, liquidifique a quinoa com a água de seu cozimento e coe. Guarde o extrato em um recipiente de vidro.

leite de gergelim
Leite de gergelim. Foto: reprodução

5. Leite de Gergelim

Ingredientes
½ xícara de gergelim cru
200 ml de água mineral ou filtrada

Modo de preparo: Deixe ½ xícara de gergelim cru mergulhado em água limpa por 8 horas. Após 8 horas elimine a água do molho. Bata no liquidificador o gergelim hidratado (ou germinado) com 200 ml de água. Coe.

leite de girassol
Processo para leite de semente de girassol. Foto: reprodução

6. Leite de Semente de Girassol

Ingredientes
½ xícara de semente de girassol
1 copo (200ml) de água mineral ou filtrada

Modo de preparo: Deixe a semente de girassol de molho em água limpa por cerca de 8 horas. Bata as sementes, com água, no liquidificador e coe.

leite-de-inhame-002
Leite de inhame. Foto: ideianutri.com

7. Leite de Inhame

Ingredientes:
1 inhame japonês pequeno
1 xícara de água mineral ou filtrada


Modo de preparo: Descasque o inhame, corte-o em pequenos pedaços e bata-o no liquidificador com a água. Coe.

leite-de-melão
Leite de melão. Foto: vegetariamo.com.br

8. Leite de Melão

Ingredientes:
sementes de um melão
250ml de água mineral ou filtrada

Modo de preparo: Para fazer o leite, basta tirar com a ajuda de uma colher todas as sementes de um melão inteiro. Lave as sementes, deixe secando em um papel toalha por alguns minutos, e depois bata com 250ml de água filtrada. Coe.

amendoa-beneficios-167168067_1
Leite de amêndoas. Foto: reprodução

9. Leite de Amêndoas
O leite de amêndoas é popular no norte de África e no Oriente Médio e combina muito bem com shakes, vitaminas, cafés e chocolate quente, nossa receita bônus.

Ingredientes:
100g de amêndoas picadas
1 litro de água (a quantidade pode variar se você quiser um leite mais espesso ou mais fino)

Modo de preparo: Basta deixar as amêndoas, cruas e sem sal, de molho por uma noite. Jogue fora a água e coloque no liquificador, adicionando um litro de água, e bata por dois minutos. Coe e está pronto. Dura dois dias na geladeira. Dica: se não tiver tempo ou esquecer de deixar de molho, é possível deixá-las em água quente por meia hora.

20121213-232506-ricemilk-featured
Leite de arroz. Foto: reprodução

10. Leite de Arroz
De fácil digestão, leite de arroz tem sabor neutro e pode ser utilizado em diversas receitas. Dependendo do tipo de grão utilizado, o sabor muda.

Ingredientes:
1 xícara de arroz integral
1 litro de água

Modo de preparo: Ferva a água e despeje-a sobre o arroz em uma tigela grande. Deixe de molho por algumas horas ou de um dia para o outro. Escorra o arroz, descartando a água do molho. Em um liquidificador, bata o arroz com o litro de água. Coe e sirva.

Pelo buscador teiaorganica.com.br você encontra todos os ingredientes orgânicospara o preparo de extratos vegetais. Conheça os produtores orgânicos e também quem comercializa.

Fontes: G1, VegetariAmo, Ideia Nutri, Café Bonobo.

(Visited 3.138 times, 7 visits today)

Curcumina (Curry): O Tempero que Impede que o Flúor Destrua o seu Cérebro


O flúor é hoje encontrado em toda parte, desde antibióticos à água potável,  panelas antiaderentes, pasta de dente, tornando a exposição a esta substância tóxica inevitável. Mais uma razão para que a nova pesquisa comprovando que este tempero comum pode evitar danos do flúor seja tão promissora!
A neurotoxicidade do flúor tem sido objeto de debate acadêmico durante décadas, e agora é uma questão de controvérsia cada vez mais exaltada entre o público em geral também. Desde “teorias da conspiração” sobre ele ter sido usado pela primeira vez em água potável em campos de concentração russos e nazistas à lobotomia química em prisioneiros, de suas agora bem conhecidas propriedades de diminuir o QI, à sua capacidade de aumentar a  calcificação da glândula pineal  – o tradicional “assento da alma”- muitos ao redor do mundo, e cada vez mais nas regiões fortemente fluoretadas dos Estados Unidos, estão começando a se organizar em nível local e estadual  para derrubar este onipresente tóxico da água potável.
Agora, um novo estudo publicado na Pharmacognosy Magazine, intitulado “A curcumina atenua a neurotoxicidade induzida pelo flúor: Uma evidência in vivo“, adiciona suporte experimental para a suspeita de que o flúor é na verdade uma substância prejudicial ao cérebro, revelando ainda que um agente natural  derivado do Curry, o tempero natural, protege contra os vários efeitos danosos sobre a saúde associados com este composto tóxico.
O estudo é de autoria de pesquisadores do Departamento de Zoologia da Universidade College of Science, ML Sukhadia University, Udaipur, na Índia, que passaram a última década investigando os mecanismos pelos quais o flúor induz mudanças neurodegenerativas graves no cérebro de mamíferos, particularmente em células de hipocampo e córtex cerebral.
O estudo começa por descrever o cenário histórico sobre a preocupação com a toxicidade significativa e abrangente do flúor:
“O flúor (F) é provavelmente o primeiro íon inorgânico que chamou a atenção do mundo científico por seus efeitos tóxicos e agora a toxicidade do Flúor através da água potável é bem reconhecida como um problema global. Os relatórios do efeito sobre a saúde em matéria de exposição ao flúor também incluem vários tipos de câncer, atividades reprodutivas adversas, cardiovasculares e doenças neurológicas.
O estudo focou na neurotoxicidade induzida pelo flúor, identificando a excitoxicidade (estimulação do neurônio ao ponto de morte) e o estresse oxidativo como os dois principais fatores de neurodegeneração (degeneração dos neurônios). Tem sido observado que os pacientes com a condição conhecida como fluorose, manchas no esmalte dos dentes causadas por exposição excessiva ao flúor durante o desenvolvimento dos dentes, têm também mudanças neurodegenerativas associadas com uma forma de estresse oxidativo conhecido como peroxidação lipídica (rancidez). O excesso de peroxidação lipídica no cérebro pode levar a uma diminuição no conteúdo total de fosfolípido no cérebro. Devido a estes mecanismos conhecidos do fluoreto associado à neurotoxicidade e neurodegeneração, os pesquisadores identificaram o polifenol primário na especiaria cúrcuma (usado no Curry) – conhecido como curcumina – como um agente ideal que vale a pena ser testado como uma substância neuroprotetora. As pesquisas anteriores sobre a curcumina indicam que ele é capaz de se ativar como um antioxidante em três formas distintas pela proteção contra: 1) o oxigênio singlete 2) radicais hidroxila e 3) os danos dos radicais superóxidos. Além disso, a curcumina parece aumentar a produção de glutationa endógena no cérebro, um importante sistema de defesa antioxidante.
A fim de avaliar os efeitos neurotóxicos do flúor e provar o papel protetor da curcumina contra ela, os pesquisadores dividiram aleatoriamente os ratos em quatro grupos, por 30 dias:
1 - Controle (sem flúor)
2 - Flúor (120 ppm): o flúor foi dado na água de destilada e água potável, sem restrições.
3 - Flúor (120 ppm/30 mg/kg de peso corporal) + curcumina: uma dose oral de curcumina dissolvida em azeite junto com fluoreto na água potável
4 - Curcumina: (30 mg/kg de peso corporal)
A fim de determinar o efeito do tratamento, os pesquisadores mediram o teor de malondialdeído (MDA) nos cérebros dos diferentes ratos tratados. O MDA é um marcador bem conhecido do dano do stress/dano oxidativo.
Como era de esperar, o flúor (F) como único tratamento de grupo apresentou significativamente elevados níveis de MDA contra o grupo de controle tratado sem flúor. O grupo flúor + curcumina compreendeu níveis reduzidos de MDA comparado com o grupo que recebeu apenas flúor, demonstrando atividade neuroprotetora da curcumina contra a neurotoxicidade associada ao flúor.
O estudo concluiu que:
“Nosso estudo, portanto, demonstra que a dose única diária de 120 ppm de flúor resulta em aumentos muito significativos no POT [peroxidação lipídica, ou seja, a rancidez do cérebro], bem como alterações neurodegenerativas em neurônios de regiões selecionadas do hipocampo. A suplementação com curcumina reduz significativamente o efeito tóxico do flúor para perto do nível normal, aumentando a defesa antioxidante através da sua propriedade depuradora e proporcionando uma evidência de ter função terapêutica contra a neurodegeneração do stress oxidativo medido“.

Discussão
Isto está longe de ser o primeiro estudo a demonstrar as notáveis ​​propriedades de preservação cerebral da curcumina. Do ponto de vista da pesquisa primária isolada, há  mais de duzentos trabalhos de revisão por pares publicados, indicando que a curcumina é um agente neuroprotetor. Em nosso próprio banco de dados sobre a cúrcuma, temos 115 artigos que provam essa afirmação: a cúrcuma protege o cérebro. Temos também exposto estudos sobre a capacidade da cúrcuma em proteger e restaurar o cérebro:


Considerando os muitos insultos químicos que enfrentamos diariamente no mundo pós-industrial, a cúrcuma pode muito bem ser a erva mais importante do mundo, com mais de 600 aplicações na saúde baseadas em evidências.

Referências:
[I]  Bhatnagar M, P Rao, Saxena A, Bhatnagar R, Meena P, Barbar S. As mudanças  bioquímicas no cérebro e outros tecidos de ratos adultos jovens do sexo feminino a partir do flúor na sua água potável. Flúor. 2006; 39: 280-4. [lista de Ref]
[Ii]  Bhatnagar M, Sukhwal P, Suhalka P, Jain A, C Joshi, Sharma D. Os efeitos de flúor na água potável sobre os neurônios diaforase NADPH na parte frontal do cérebro de camundongos: Um possível mecanismo de neurotoxicidade do flúor. Flúor. 2011; 44: 195-9.

Sorrir amortece a ocasião: Jean-Yves Leloup nos encoraja a conservar o interior. Entenda!


Não há nada mais difícil do que manter a firmeza de espírito quando dissabores surgem pelo caminho. Ciente disso, Jean-Yves Leloup, no livro Uma Arte de Cuidar (ed. Vozes), nos encoraja a conservar a chama interior acesa mesmo nas adversidades.

Estudos sugerem que o simples fato de sorrir pode reequilibrar o sistema nervoso autônomo, que se torna menos sensível ao estresse. Pode aumentar o fluxo sanguíneo do cérebro e estimular neurotransmissores favoráveis – especialmente nas horas mais difíceis, defende o mestre Jean-Yves Leloup. Segundo ele, quando estamos deprimidos – a vida não é fácil todos os dias – é possível fazer um esforço para sorrir até mesmo sob as cinzas. “A propósito de um texto sobre as etapas da meditação, o sorriso de Buda não é falso, é um sorriso que vem através das provações, é uma vitória interior sobre o absurdo”, destaca. “Há ainda outros esforços conscientes para melhorar nossa atitude, que suscitariam respostas favoráveis ao organismo. 

Por exemplo falar lenta e docemente pode diminuir o ritmo cardíaco. Pode-se questionar o fundamento científico dessas afirmações, mas há alguns anos eu pude verificar tudo isso no Vietnã, um país onde os rios e a terra foram contaminados por todos os tipos de produto. Como pesquisadores, perguntávamos como um povo tão contaminado pode reagir de uma maneira tão positiva e sobreviver com alimentos que teriam, provavelmente, envenenado fatalmente outras pessoas? Ao viver entre eles, pude verificar a força do sorriso. São pessoas que sabem dizer não com um sorriso. Isso é algo interessante. Trata-se de saber lutar contra seu inimigo, reclamar justiça e ao mesmo tempo não se deixar contaminar pela raiva e pelo ódio”. Para o teólogo, dizer não com um sorriso protege o indivíduo e culmina num resultado mais assertivo. “Lembro-me de um estudo realizado com dois grupos de dirigentes de empresas, que se confrontavam com situações muito estressantes. 

Os dirigentes que mantiveram uma boa saúde tinham uma maneira diferente de considerar e enfrentar as conjunturas difíceis. Encaravam as mudanças boas e ruins como elementos inevitáveis da vida, que representavam, para eles, ocasiões de aquisição de novas experiências, ao invés de uma mera ameaça à segurança. Estamos diante de uma antiga palavra grega, Kairós. Existe Kronos, que é o tempo que devora seus fi lhos, que nos envelhece e destrói. Há também Kairós, que quer dizer, literalmente, a ocasião; fazer de tudo o que nos acontece uma ocasião favorável, para desenvolver a própria consciência, para tornar-se mais humano. É como um teste para verificar o que temos em nossas profundezas. Em algumas tradições espirituais, as provações não são consideradas somente ruins; são ocasiões para crescer conscientemente e também em paciência, que é uma forma elevada de amor. Quando falamos da Paixão de Cristo, nos referimos à paciência de Cristo e de como Ele transformou cada uma das provações que encontrou em uma ocasião para salvar a humanidade, para salvar o que havia de mais humano nele.”


domingo, 8 de maio de 2016

Homenagem as Mães - A CRIAÇÃO



A CRIAÇÃO
Houve um espaço sem tempo
Em que Deus quis poder dar
Prolongar-se em seres vivos
E através deles amar
Dividiu-se em nebulosas,
Asteróides, sóis, planetas,
Criou flores, criou rosas,
Margaridas, violetas
Preencheu os Universos
Com toda forma de vida
Animais os mais diversos
Cada qual com sua lida
Para o mais pequeno ser
E ao maior que há neste mundo
Deu-lhes o mesmo poder
Isto é um mistério profundo
Todos nascem, todos vivem,
Cada qual se multiplica
Da semente que é origem,
Deus que se personifica
Quando viu a obra finda,
Soube que tudo era bom
Cada alma era mais linda
Em tudo havia perfeição
Para Deus criar a vida
E fazer tudo tão bem,
Só houvera uma saída,
Ele se tornara mãe
Criou tantas maravilhas
Pois em mãe se transformou.
Gerou filhos, gerou filhas,
Cada um deles amou
Para Deus nas mães eu olho
Às vejo no céu, nas estrelas,
Pois sei, de Deus Eu Sou filho,
E também sou filho delas.
Todos nós somos irmãos,
Mães diversas na aparência;
Sei que cada coração
Tem a mesma procedência.
-Jaime Wanner-





Amor infinito e gratidão ao Sagrado feminino em todos os seres!!!
Maria Elisete Shalom...

MÃE DIVINA





Minha mãe minha rainha
Foi ela que me entregou
Para mim ser jardineiro
No jardim de belas flores
No jardim de belas flores
Tem tudo que procurar
Tem primor e tem beleza
Tem tudo que Deus me dá
Todo mundo recebe
As flores que vêm de lá
Mas ninguém presta atenção
Ninguém sabe aproveitar
Para zelar este jardim
Precisa muita atenção
Que as flores são muito fina(s)
E não podem cair no chão
O jardim de belas flores
Precisa sempre aguar
Com as prece(s) e os carinhos
Ao nosso pai universal

- Mestre Irineu-






OM - BHUR BHUVA SWAH
TAT SAVITUR VARENAYAM
BHARGO DEVASYA DHIMAHI
DHIYO YO NAH PRACHODAYAT

Em um mundo melhor,
a lei natural é a do amor.
Em uma pessoa melhor,
sua natureza também é amorosa.
O amor é o princípio
que cria e sustenta as relações humanas,
O amor espiritual leva ao silêncio,
e esse silêncio tem o poder de unir,
orientar e liberar as pessoas.
E mais, quando o seu amor é aliado à fé,
cria uma forte estrutura para a iniciativa e a ação.
Lembre-se: o amor é um catalisador para mudanças,
desenvolvimento e conquistas.

Por Brahma Kumaris






Encontre mais músicas como esta em Portal Arco Íris-Núcleo de Integração e Cura Cósmica