Pesquisa

sábado, 28 de outubro de 2017

Reiki - Iniciações

A palavra iniciação provém de uma raiz latina que significa começar. Podetambém ser compreendida como uma ação de início ou como início de umaação. A iniciação pode ser considerada um novo começo, a transformação parauma nova forma de ser. Uma analogia utilizada pelo mestre Djwhal Khul é queuma iniciação seria como a passagem através de um portal.
Existem vários tipos de iniciação pelas quais passamos na vida, como:formatura, casamento, batizados, etc.
No entanto, vamos falar sobre as Iniciações Espirituais:
Existem duas maneiras pelas quais podemos definir uma iniciação espiritual  em termos do seu significado ou de sua mecânica subjacente. Se olharmos para o significado interno de uma iniciação, uma boa maneira de defini-la seria dizer que é um processo que nos torna “mais conscientes de nós mesmos como almas encarnadas” segundo Djwhal Khul. A iniciação pode aumentar diretamente esse estado consciente, ou pode fazer com que esse estado evolua diretamente melhorando algum traço ou característica, como por exemplo, a capacidade de experimentar o amor incondicional.
Se olharmos para as iniciações em termos de mecânica, uma boa definição é aquela que Djwhal Khul usa nos livros de Alice Bailey, ou seja, “uma iniciação é como uma seqüência progressiva de impactos direcionados de energia”.
Do ponto de vista esotérico, a iniciação implica uma transformação permanente nos campos de energia dos seus corpos sutis. É importante entender que a iniciação não envolve aprendizado intelectual, é uma mudança permanente na sua estrutura e por tanto, no seu ser. Do ponto de vista esotérico, cada um de nós está envolvido por uma seqüência de campos de energia alinhados.
Embora a maioria das pessoas não tenha conhecimento desses campos, eles são reais e o seu estado exerce um efeito profundo em nossas consciências e em nossa maneira de ser no mundo - o modo como pensamos, agimos esentimos em relação a nós mesmos, nosso meio ambiente e às outras pessoas.
Sabemos que em nossas vidas diárias até mínimas mudanças em nossa energia podem produzir mudanças significativas em nossos pensamentos e sentimentos. Por exemplo, se estamos deprimidos, podemos ouvir música, fazer exercício físico, ou abrir uma janela para permitir a entrada de uma maior quantidade de oxigênio. O propósito da iniciação é o de produzir uma transformação permanente em seu campo de energia que leva a uma mudança em sua forma de ser no mundo.
A iniciação é um tema de interesse para qualquer um que procure um crescimento pessoal e espiritual. A iniciação se encontra bem no âmago de como o Universo está estruturado. Para entender isso antes é preciso compreender um fato básico sobre evolução espiritual: ela nunca tem um fim.
Uma vez que você percebe que a evolução espiritual não tem fim, se torna claro o que cada um pode ganhar ao receber iniciações de seres que estão bem mais adiante na caminhada espiritual. Por exemplo, o mestre tibetano Djwhal Khul: nos escritos canalizados por Alice Bailey, ele fala sobre o seu relacionamento com seu mestre, Kuthumi, de quem recebeu ensinamentos e iniciações.
Atualmente, Djwhal Khul ainda está recebendo iniciações de Kuthumi e Kuthumi por sua vez ainda recebe ensinamentos e iniciações de seu mestre e assim por diante. Essa grande cadeia de iniciações em última instância se estende por todo o caminho de retorno a Deus, o único ser no universo que não se beneficia de iniciações, pois é a fonte da qual provem a energia para as mesmas.
Não somente nós seres humanos estamos recebendo iniciações, mas também a Terra as está recebendo. As iniciações da Terra correspondem às iniciações que a humanidade, como um todo, está recebendo. E ambas (iniciações da Terra e da humanidade) estão interligados com as iniciações que o nosso sol está recebendo e este está interligado com as iniciações que outras estrelas recebem. O universo por inteiro pode ser visto como uma gigantesca rede de
sistemas de iniciação interconectados. A imensidão e a grandeza dessa rede são somente igualadas por sua beleza.
Isso não quer dizer que é essencial que todos recebam iniciações. Você pode trabalhar sozinho e evoluir espiritualmente, mas cabe salientar que todos estão juntos nessa egrégora. Essa é a grande lição que o Amor tem para nos dar.
Não significa que você não possa fazê-lo sem ajuda, mas sim, que isso demandaria muito mais tempo.
É bom deixar claro que as iniciações não são um substituto da continuidade do trabalho em prol do nosso crescimento pessoal ou espiritual, embora as iniciações possam acelerar dramaticamente esse crescimento. A razão pela qual as iniciações energéticas podem acelerar tão efetivamente o crescimento é porque elas permanentemente concedem uma shakti (uma energia espiritual que se comporta inteligentemente) ao receptor. “Todos os benefícios conferidos pela iniciação espiritual se dão por meio das shaktis” (Texto extraído
do livro “Energy blessings from the stars” de Virginia Essene)
Existem vários tipos de iniciações espirituais:
Dr. Joshua David Stone descreve em seu livro “Manual Completo de Ascensão” as iniciações do processo de ascensão. Estas são iniciações espontâneas são marcos dentro da evolução espiritual e conscientização do ser do “Tudo que é”.
Existem iniciações espirituais espontâneas, como as descritas por Patrick Zeigler, que podem ser consideradas iniciações secundárias do processo de ascensão; ou seja; elas podem ser definidas como uma ancoragem de energias superiores que possibilitam seu reencontro com sua alma e mônada e aceleram o processo de ascensão. Estas iniciações também ocorrem espontaneamente à medida que a pessoa esta realizando práticas espirituais
específicas.
Existem as iniciações que recebemos da linhagem energética de um mestre ou ser espiritual específico. Estas iniciações podem ser recebidas no plano astral ou podem ser recebidas através do veículo de uma pessoa num corpo físico (desde que a pessoa esteja autorizada a passar esta energia através de uma iniciação).
Uma linhagem é um grupo de seres encarregados da responsabilidade de transmitir iniciações que são particularmente importantes, ou que requeiram uma informação detalhada para serem recebidas com segurança ou para serem efetivamente utilizadas. Uma iniciação de linhagem deve ser recebida de um oficial representativo da linhagem apropriada. Isso também requer algum nível de consciência por parte do receptor sobre o significado da iniciação, de como se beneficiar dela ou de como usá-la.
As iniciações geralmente possibilitam grandes limpezas kármicas, aumento da sua própria consciência, facilitação do caminho espiritual, curas específicas, entre outras coisas. Compreenda-se que no Reiki Iniciação é diferente de Sintonização. Iniciação compreende os passos de aprendizado do sistema e a sintonização na energia Rei, propriamente dita.
Uma pessoa pode receber iniciações (aprendizado) sem ser iniciada. Essa sintonização se dá, "colocando" os simbolos Cho Ku Rei, Sei He Ki, Hon Sha Ze Sho Nen, Dai Koo Myo e Raku (usado posteriormente à morte de Mikao Usui) na "aura" da pessoa, possibilitando ao neófito ser um canal da energia Rei.
Sem esta sintonização, os símbolos e sua força serão sem eficácia alguma e sim somente símbolos sem força alguma.

http://portalarcoiris.ning.com/group/Cosmos/forum/topics/iniciacoes/edit

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.

MÃE DIVINA





Minha mãe minha rainha
Foi ela que me entregou
Para mim ser jardineiro
No jardim de belas flores
No jardim de belas flores
Tem tudo que procurar
Tem primor e tem beleza
Tem tudo que Deus me dá
Todo mundo recebe
As flores que vêm de lá
Mas ninguém presta atenção
Ninguém sabe aproveitar
Para zelar este jardim
Precisa muita atenção
Que as flores são muito fina(s)
E não podem cair no chão
O jardim de belas flores
Precisa sempre aguar
Com as prece(s) e os carinhos
Ao nosso pai universal

- Mestre Irineu-






OM - BHUR BHUVA SWAH
TAT SAVITUR VARENAYAM
BHARGO DEVASYA DHIMAHI
DHIYO YO NAH PRACHODAYAT

Em um mundo melhor,
a lei natural é a do amor.
Em uma pessoa melhor,
sua natureza também é amorosa.
O amor é o princípio
que cria e sustenta as relações humanas,
O amor espiritual leva ao silêncio,
e esse silêncio tem o poder de unir,
orientar e liberar as pessoas.
E mais, quando o seu amor é aliado à fé,
cria uma forte estrutura para a iniciativa e a ação.
Lembre-se: o amor é um catalisador para mudanças,
desenvolvimento e conquistas.

Por Brahma Kumaris






Encontre mais músicas como esta em Portal Arco Íris-Núcleo de Integração e Cura Cósmica