Pesquisa

terça-feira, 26 de abril de 2011

Shree Krishna Mamah Sharanam (Bela)



Achala: Senhor imóvel.
Achyuta: Senhor infalível.
Adbhutah: Deus
maravilhoso.
Adidev: O Senhor dos
senhores.
Aditya: O filho de
Aditi.
Ajanma: Quem é
Ilimitado e Infinito.
Ajaya: O vencedor da
vida e da morte.
Akshara: Senhor
indestrutível.
Amrut: Aquele que é
doce como néctar.
Anaadih: A Primeira
Causa.
Anandsagar: Senhor
misericordioso.
Ananta: Senhor
infinito.
Aantajit: Senhor
sempre vitorioso.
Anaya: Aquele que não
têm um líder.
Aniruddha: Aquele que
não pode ser obstruído.
Aparajeet: O Senhor
que não pode ser derrotado.
Avyukta: Aquele que é
claro como o cristal.
Balgopal: O “Todo
Atrativo”; o menino Krishna.
Bali: O Senhor da
força.
Chaturbhuj: O Senhor
dos quatro braços.
Danavendra:
Concededor de bênçãos.
Dayalu: Depósito de
toda a compaixão.
Dayanidhi: Senhor
misericordioso.
Devadidev: Deus dos
deuses.
Devakinandan: Filho
de Devaki.
Devesh: Senhor dos
senhores.
Dharmadyaksha: Senhor
do Dharma
Gopal: Aquele que
brinca com os vaqueirinhos, e com as Gopas (vacas).
Gopalpriya: Amigo
querido dos vaqueirinhos.
Govinda: Aquele que
agrada as vacas, a Terra e a natureza inteira.
Gyaneshwar: Senhor do
Conhecimento.
Hari: O Senhor da
Natureza.
Hiranyagarbha: O
Criador todo-poderoso.
Hrishikesh: O Senhor
de todos os Sentidos.
Jagadguru: Preceptor
do universo.
Jagadisha: O Protetor
de todos.
Jagannatah: Senhor do
Universo.
Janardhana: O que
concede bênção para todos.
Jayatah: Vencedor dos
inimigos.
Jyotiraaditya: O
Resplendor do Sol.
Kamalnath: O Senhor
da Deusa da Fortuna, Lakshmi.
Kamalnayan: O Senhor
que tem os olhos como o lótus.
Kamsantak: Matador do
demônio Kamsa.
Kanjalochana: O
Senhor dos olhos de lótus.
Keshava: Aquele que
tem os cabelos longos, pretos, encaracolados.
Krishna: O Senhor da
compleição escura.
Laksmikantam: O
Senhor da Deusa Lakshmi.
Lokadyaksha: O Senhor
de todos os três mundos.
Madan: O Senhor do
amor.
Madhava: Senhor do
pleno conhecimento.
Madhusudana: Matador
do demônio Madhuasura.
Mahendra: Senhor de
Indra.
Manmohan: Senhor
todo-aprazível.
Manohar: Senhor da
belea.
Mayur: O Senhor que
tem uma pluma de pavão na Sua coroa.
Mohan: Senhor
Todo-atrativo.
Murali: Senhor de
toda a doçura; Senhor da flauta.
Murlidhar: O Senhor que
segura uma flauta.
Murlimanohar: Deus
que toca flauta.
Nandgopala: Filho de
Nanda.
Narayana: O refúgio
de todos.
Nirañjana: Senhor
imaculado.
Nirguna: Aquele que
não tem qualidades.
Padmahasta: Aquele
que tem Seus pés como um lótus.
Padmanabha: O Senhor
que tem o umbigo na forma de uma flor de lótus.
Prabrahmana: A
Suprema e Absoluta Verdade.
Paramatma: Senhos de
todos os Seres.
Parampurusha: Suprema
Personalidade.
Parthasarthi:
Quadrigueiro do Partha, Arjuna.
Prajapati: Pai de
todas as crianturas.
Punyah: Supremamente
puro.
Purshottam: A Alma
Suprema.
Ravilochana: Aquele
cujos olhos são o Sol.
Sahasrrakash: Senhor
dos mil-olhos.
Sahasrajit: Aquele
que conquista milhares.
Sahasrapaat: Senhor
dos mil pés.
Sakshi: Senhor
todo-testemunha.
Sanatana: O Senhor Eterno.
Sarvajana: Senhor
Onisciente.
Sarvapalaka: Protetor
de todos.
Sarveshwar: Senhor de
todos os Deuses.
Satyavachana: Aquele
que fala somente a Verdade.
Satyavrata: O Senhor
verdadeiramente dedicado.
Shantah: Senhor
pacífico.
Shreshta: O mais
Glorioso Senhor.
Shrikanta: Belo
Senhor.
Shyam: Senhor de
compleição escura.
Shyamsundara: Senhor
do maravilhoso anoitecer.
Sudarshana: Senhor do
Chakra formoso.
Sumedha: Senhor
inteligente.
Suresham: Senhor de
todos os semideuses.
Swargapati: Senhor
dos Céus.
Trivikrama: Vencedor
de todos os três mundos.
Upendra: Irmão de
Indra.
Vaikunthanatha:
Senhor de Vaikuntha, a morada celeste.
Vardhamaanah: Senhor
sem-forma.
Vasudev: Senhor filho
de Vasudeva; Senhor todo-penetrante.
Vishnu: Controlador
Supremo.
Vishwadakshinah:
Senhor habilidoso e eficiente.
Vishwakarma: Criador
do Universo.
Vishwarupa: Quem
mostrou a Forma Universal.
Vishwatma: Alma do
universo.
Vrishaparvaa: Senhor
do Dharma.
Yadavendra: Rei do
clã dos Yadavas.
Yogi: O Mestre
Supremo.
Yoginampati: Senhor
dos Yogis.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.

MÃE DIVINA





Minha mãe minha rainha
Foi ela que me entregou
Para mim ser jardineiro
No jardim de belas flores
No jardim de belas flores
Tem tudo que procurar
Tem primor e tem beleza
Tem tudo que Deus me dá
Todo mundo recebe
As flores que vêm de lá
Mas ninguém presta atenção
Ninguém sabe aproveitar
Para zelar este jardim
Precisa muita atenção
Que as flores são muito fina(s)
E não podem cair no chão
O jardim de belas flores
Precisa sempre aguar
Com as prece(s) e os carinhos
Ao nosso pai universal

- Mestre Irineu-






OM - BHUR BHUVA SWAH
TAT SAVITUR VARENAYAM
BHARGO DEVASYA DHIMAHI
DHIYO YO NAH PRACHODAYAT

Em um mundo melhor,
a lei natural é a do amor.
Em uma pessoa melhor,
sua natureza também é amorosa.
O amor é o princípio
que cria e sustenta as relações humanas,
O amor espiritual leva ao silêncio,
e esse silêncio tem o poder de unir,
orientar e liberar as pessoas.
E mais, quando o seu amor é aliado à fé,
cria uma forte estrutura para a iniciativa e a ação.
Lembre-se: o amor é um catalisador para mudanças,
desenvolvimento e conquistas.

Por Brahma Kumaris






Encontre mais músicas como esta em Portal Arco Íris-Núcleo de Integração e Cura Cósmica