Pesquisa

terça-feira, 24 de maio de 2011

Jayamangalagatha (Pali) (Estâncias da Vitória)

Jayamangalagatha (Pali)



(Estâncias da Vitória) 


Descubra o antigo paradigma inspirador, recitado em Pali, dos poderes espirituais diferentes no Jayamangalagatha que representa o triunfo do poder criativo da bondade sobre a força devastadora do mal pelo Buda.


 Cada um dos oito episódios expressa um ato de vontade nascida da fé inabalável na eficácia do poder espiritual para o bem de si mesmo e aos outros. 


Bondade não domina apenas o mal, mas vence por sublimando e transmutando-o. 


Não um mero sentimento idealista, essa conquista é uma grande verdade verdadeira.


 

Bahum sahassa mabhini/mmitta sayudhantam 
Girimekhalam udita ghora / sasena maram 
Danadidhamma vidhina / jitava munindo 
Tam tejasa bhavatu te / jayamangalani 

Maratireka mabhiju/jjhita sabbarattim 
Ghorampanalavaka makkha / mathaddha yakkham 
Khanti sudanta vidhina / jitava munindo 
Tam tejasa bhavatu te / jayamangalani 

Nalagirim gajavaram / atimatta bhutam 
Davaggicakka masaniva / sudarunantam 
Mettambuseka vidhina / jitava munindo
Tam tejasa bhavatu te / jayamangalani 
 
 
 
 
 
 
 
 



Alegria, paz e amor 

Eu tenho alegria que brota dentro do meu coração 
Como um pássaro que voa em céu de noite 
Dentro do meu coração lá brilha uma centelha 
E ela ilumina-me, por e por. 

Deixem-me partilhar esta alegria com você 
E a alegria que é tão verdadeiro 
Uma vez que se trata de você. 
E esta alegria vai ajudar alguém um dia 
Para andar Caminho do Dhamma. 

Eu tenho a paz que está dentro da minha mente 
Como um lago que fica em altas montanhas 
Dentro de minha mente que não conhece o tempo 
Pois é velho como o azul do oceano. 

Deixem-me partilhar essa paz com você 
E a paz que é tão verdadeiro 
Uma vez que se trata de você 
Que a paz trazer-lhe este outro lado do mar 
Quando todas as ilusões parar. 

Eu tenho amor que brilha dentro do meu coração 
Como uma noite tão brilhante e estrelado 
Dentro do meu coração, eu vou fazer um começo 
Deixe ele se espalhou longe radiante. 

Deixem-me partilhar este amor com você 
E thelove isso é tão verdadeiro 
Uma vez que ela brilha em você 
E esse amor vai trabalhar em maneiras incontáveis 
Para derreter o coração tão frio.

Maria Elisete Shalom...

Fonte: HINOS BUDISTA & CHANTS LYRIC BIBLIOTECA

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.

MÃE DIVINA





Minha mãe minha rainha
Foi ela que me entregou
Para mim ser jardineiro
No jardim de belas flores
No jardim de belas flores
Tem tudo que procurar
Tem primor e tem beleza
Tem tudo que Deus me dá
Todo mundo recebe
As flores que vêm de lá
Mas ninguém presta atenção
Ninguém sabe aproveitar
Para zelar este jardim
Precisa muita atenção
Que as flores são muito fina(s)
E não podem cair no chão
O jardim de belas flores
Precisa sempre aguar
Com as prece(s) e os carinhos
Ao nosso pai universal

- Mestre Irineu-






OM - BHUR BHUVA SWAH
TAT SAVITUR VARENAYAM
BHARGO DEVASYA DHIMAHI
DHIYO YO NAH PRACHODAYAT

Em um mundo melhor,
a lei natural é a do amor.
Em uma pessoa melhor,
sua natureza também é amorosa.
O amor é o princípio
que cria e sustenta as relações humanas,
O amor espiritual leva ao silêncio,
e esse silêncio tem o poder de unir,
orientar e liberar as pessoas.
E mais, quando o seu amor é aliado à fé,
cria uma forte estrutura para a iniciativa e a ação.
Lembre-se: o amor é um catalisador para mudanças,
desenvolvimento e conquistas.

Por Brahma Kumaris






Encontre mais músicas como esta em Portal Arco Íris-Núcleo de Integração e Cura Cósmica